F-Júnior: 5ª etapa revelou novo vice-líder e teve vitória de piloto estreante

Gabriel Robe e Bruno Bertoncello foram os vencedores da rodada em Santa Cruz do Sul

Depois de um descanso de cerca de 45 dias, a Fórmula Júnior voltou às pistas para a disputa de sua 5ª etapa, agora em um novo circuito, o de Santa Cruz do Sul, a 150 quilômetros de Porto Alegre. E a volta foi em grande estilo, com disputas acirradas, troca de vice-líder, manutenção de liderança e piloto estreando com vitória. A competição foi realizada no último final de semana, dias 17 e 18, e teve como principal destaque o gaúcho Bruno Bertoncello, que fazia sua estreia na categoria.

A tomada de tempos teve na primeira fila dois pilotos que já haviam marcado pole position em etapas anteriores, o gaúcho Gabriel Robe e a catarinense Bruna Tomaselli. E foi exatamente o pole quem venceu a primeira bateria, de ponta a ponta e praticamente sem ser incomodado. Robe largou bem, manteve a liderança e sofreu pequena pressão nas voltas iniciais e na relargada, depois da entrada do safety-car na pista. Mas, aos poucos e com consistência, foi abrindo vantagem e deixando a disputa por posições para seus concorrentes. Matzenbacker foi o 2º, seguido por Bertoncello.

Largando na pole outra vez, agora na segunda bateria, Robe foi superado por dois pilotos na frenagem da curva 1 e caiu para terceiro. Em poucas voltas ele já recuperava uma posição e passou a tentar o ataque ao líder da prova, Bruno Bertoncello, que já havia obtido excelente colocação na bateria anterior, 3º. As disputas, que aconteciam nas posições intermediárias, não chegaram a se repetir pela ponta, apesar do esforço de Gabriel Robe de buscar ataque ao líder. Bertoncello, assim, garantiu a vitória logo em sua estreia na categoria, com Robe em 2º e Matzenbacker em 3º.

“Não tem como descrever a sensação de ter obtido esta vitória logo na estreia, não tem preço”, vibrava Bertoncello logo após a bandeirada. “Foi uma vitória da evolução, pois trabalhamos muito até chegarmos a um carro competitivo. No início dos treinos cheguei a ‘tomar’ três segundos, mas fomos acertando o carro aos poucos. Errei na tomada de tempos, quando fiquei em 5º, mas nas corridas tudo deu certo. Obrigado equipe”, completou o piloto da Satti Racing.

Gabriel Robe, que fez um 1º e um 2º, assumiu a vice-liderança do campeonato depois de marcar 35 pontos e superar três concorrentes na tabela de classificação. E diminuiu também sua diferença para o líder, Victor Hugo Matzenbacker. “Foi um belo final de semana, graças também ao ótimo trabalho da minha equipe. Só não foi completo porque o Bruno estava muito rápido na segunda bateria e não consegui alcançá-lo”, lembra Robe. “Na primeira bateria o Victor Hugo acompanhou e consegui administrar, mas na segunda o resultado foi mais suado. Estou contente porque subi bem na tabela de classificação, ganhei três posições, assumi a vice-liderança e me aproximei do líder”, finaliza o piloto da Irineu Racing.

Victor Matzenbacker, extremamente regular e dono de quatro vitórias e quatro segundos lugares, manteve a liderança do campeonato. “Enfrentei alguns pequenos problemas nas duas provas, que não me permitiram brigar por vitórias. Pensei no campeonato e marquei pontos importantes nesta luta pelo título”, avaliou o líder da Fórmula Júnior.

Para Claudio Fontoura e Neco Fornari, promotores da Fórmula Júnior, foi mais uma rodada perfeita. “Nossos pilotos tiveram mais oportunidade grandiosa para aprender, já que competiram em uma pista que estreou em nosso calendário. Mais uma vez atingimos nosso objetivo, além de podermos ver, mais uma vez, belas corridas”, avaliam. “E foi legal ver a bela estreia do Bruno Bertoncello, piloto que agrega ainda mais talento à categoria”, finalizam.

A 6ª etapa da Fórmula Júnior está marcada para Guaporé, de 20 a 22 de setembro, quando novos pilotos deverão estrear. A expectativa dos promotores é de que o grid desta rodada seja formado por 16 a 17 pilotos.

Confira os dez primeiros da 1ª bateria:
1 Gabriel Robe (RS) – 15 voltas – 26:01.070
2 Victor Matzenbacker (RS) – a .646
3 Bruno Bertoncello (RS) – a .671
4 Victor Miranda (SP) – a 3.193
5 Bruna Tomaselli (SC) – a 5.132
6 Lucas Alves (RS) – a 6.228
7 Rafael Smaniotto (PR) – a 7.360
8 Gustavo Bandeira (DF) – a 7.911
9 Franco Pasquale (RS) – a 10.662
10 Matheus Rouver (SE) – a seis voltas

Confira os dez primeiros da 2ª bateria:
1 Bruno Bertoncello (RS) – 16 voltas – 26:18.408
2 Gabriel Robe (RS) – a .195
3 Victor Matzenbacker (RS) – a 8.592
4 Matheus Rouver (SE) – a 11.692
5 Victor Miranda (SP) – a 15.897
6 Rodrigo Elger (PR) – a 17.506
7 Lucas Alves (RS) – a 17.809
8 Franco Pasquale (RS) – a 32.164
9 Bruna Tomaselli (SC) – a 33.111
10 Rafael Smaniotto (PR) – a 13 voltas

E a pontuação do campeonato:
1 Victor Matzenbacker – 158 pontos
2 Gabriel Robe – 94
3 Lucas Alves – 87
4 Mateus Rouver – 81
5 Bruna Tomaselli – 70
6 Victor Miranda – 69
7 Gustavo bandeira – 49
8 Rodrigo Elger – 42
9 Rafael Smaniotto – 36
10 Bruno Bertoncello – 32
11 Bruno Samara – 28
12 Lucas Balbuena – 18
13 Vitor Fernandes – 17
13 Franco Pasquale – 17
15 Lucas Fernandes – 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *