F-Nippon: João Paulo tentará largar novamente na frente no Japão

Brasileiro teve problemas no acerto de seu carro, mas mantém otimismo.

Após apresentar um bom desempenho nos treinos classificatórias nas duas etapas iniciais do Campeonato Japonês de Fórmula Nippon, o brasileiro João Paulo de Oliveira enfrentou dificuldades nos treinos livres de sexta-feira (23/5) em Motei, no Japão, mas está otimista. “Acredito que estaremos melhores que hoje. Espero estar novamente entre os oito que vão para a última parte da classificação, lutando mais uma vez pela pole position. Vamos ver amanhã (sábado)”. A terceira prova da principal competição de monopostos do Japão acontece domingo (24/05) e terá 250km de duração.

Na primeira sessão de treinos a Kondo Racing resolveu experimentar acertos diferenciados em seus dois carros, e obteve relativo sucesso, com Naoki Yokomizo ficando com o terceiro tempo e João Paulo de Oliveira em sexto. “Pois é, o problema foi bem simples. Depois descobrimos que erramos e muito na relação de marchas em meu carro. De manhã até que não foi mal, porque a pista estava suja”, comentou o brasileiro.

Para o segundo treino a equipe resolveu manter o ajuste inalterado no carro de João Paulo pensando na mudança de comportamento do chassi com a pista mais emborrachada, o que não se mostrou a estratégia mais adequada. Enquanto ele ficou apenas com a 11ª marca, seu companheiro foi o oitavo. “À tarde a pista melhorou e dai vimos realmente como estava ruim nossa relação de marchas”, contou. “Estou usando todas as marchas mais longas. Tem curvas que normalmente são feitas em segunda marcha, mas ela ficou muito longa e eu tinha que usar a primeira, que ficava muito curta, e assim por diante com as outras marchas”, explicou.

A classificação, que será feita sem nenhuma outra sessão de treino livre antes, será como um “vôo cego” no que diz respeito ao acerto do carro, porém, o brasileiro que já venceu corridas de Fórmula 3 no circuito misto de 4.796 metros de Twin-Ring Motegi mantém-se confiante para o final de semana. “O carro está saindo um pouco de frente, então, precisamos melhorar um pouco ai. Mas o câmbio é o maior problema. Amanhã vamos acertar como o do Yokomizo e espero que melhore. Hoje arriscamos na tentativa de dar um passo grande”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *