F-Renault 2.0: Negrão larga na pole e lidera dois terços da prova na Espanha

O brasileiro André Negrão foi a grande sensação da prova de abertura da Eurocup F-Renault 2.0, hoje (sábado, 17), no Motorland Aragón, circuito espanhol que recebe a rodada de abertura da World Series by Renault, série que reúne várias categorias baseadas em modelos e motores da marca francesa. O piloto campineiro largou na pole position e liderou dois terços das 12 voltas da competição disputada sob chuva, até ser abalroado pelo francês Arthur Pic quando ambos chegavam ao final da reta e se preparavam para completar a oitava volta da prova vencida pelo norte-americano Kevin Korjus. O piloto francês cruzou a linha de chegada em primeiro, mas foi punido com 25 segundos por atitude anti-desportiva e ficou classificado em quinto lugar. A segunda prova da rodada será disputada amanhã, às 9 horas (horário de Brasília), e novamente Negrão e Pic dividirão a primeira fila do grid.

“Vai ter um ar de revanche, sem dúvida, porém eu não encaro dessa forma. O acidente de hoje foi uma coisa típica de corrida: o Arthur vinha freando mais dentro das curvas, mas eu conseguia sair mais forte, o que me mantinha na liderança. Só que na oitava volta ele escorregou demais e bateu na traseira do meu carro”, comentou Negrão nos boxes da Cram Competition, equipe italiana que faz a manutenção do seu carro. Os danos no monoposto do brasileiro ficaram restritos à suspensão traseira esquerda, que será trocada para a corrida de amanhã. Pouco depois do final da corrida André Negrão recebeu uma visita inesperada em seu box: o próprio Arthur Pic veio desculpar-se pela manobra, atitude que foi aceita sem restrições pelo piloto de Campinas (SP):
“Efetivamente isso não me dá nenhum ponto no campeonato, mas é uma atitude saudável e que eu respeito muito. Agora é partir para a próxima corrida e, se Deus quiser, essa eu fico na liderança até o fim.”
A atuação do brasileiro foi marcante e, sob a chuva que diminuiu no decorrer de aproximadamente 25 minutos de corrida, sua margem de liderança jamais ficou abaixo de meio segundo, chegando, em algumas voltas ao dobro disto. Imprimindo um ritmo forte de corrida os dois abriram ampla vantagem sobre os demais competidores, que não sucumbiam ao spray de água levantado pelos pneus. Pelo regulamento da Eurocup F-Renault 2.0 a posição de largada da segunda prova de cada roda é definida pela segunda volta mais rápida de cada piloto na sessão única de classificação. Curiosamente, a primeira fila terá os mesmos pilotos, mas com posições invertidas: Pic na pole position e Negrão ao seu lado, sendo que a previsão da meteorologia indica mais uma prova em pista molhada.
O resultado da prova de hoje foi o seguinte:
1. Kevin Korjus (EUA), 12 voltas em 26m46s904, média de 143,70 km/h.
2. Daniel de Jong (Holanda), a 2s2660
3. Luciano Bacheta (Grã-Bretanha), a 8s924
4. Giovanni Venturini (Itália), a 22s077
5. Arthur Pic (França), a 22s077
6. Karl Oscar (Estados Unidos), a 23s576
7. Aaro Vainio (Finlândia), a 25s633
8. Daniel Mancinelli (Itália), a 26s482
9. Hugo Valente (França), a 29s904
10. Miguel Otegui (Espanha), a 32s661

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *