F-São Paulo: Amorin vence e Corrêa conquista o título em Interlagos

Quarto colocado na prova deste sábado, piloto mineiro sagrou-se campeão com uma rodada de antecipação. Prova final será neste domingo, às 8h45.

A Fórmula São Paulo viveu um dia de decisão neste sábado, no Autódromo de Interlagos. A nona e penúltima etapa da temporada, realizada na tarde de hoje no circuito paulista, decidiu o título da competição em favor do mineiro Victor Corrêa, e marcou, também, a primeira vitória do paulista Amorin Jr. no automobilismo. Pole position na etapa, Amorin dominou a prova de ponta a ponta e, aos 39 anos e em sua temporada de estréia em categorias de monopostos, venceu pela primeira vez na carreira.

“Eu já tinha batido na trave uma vez, em Londrina, mas desta vez deu tudo certo e pude comemorar a vitória”, declarou o piloto da equipe EMB Racing. “Tive um início de corrida tranqüilo, mas depois de algumas voltas a quarta marcha passou a raspar e precisei passar diretamente de terceira para quinta marcha para evitar uma quebra. Com isso, permiti a aproximação do segundo colocado, mas felizmente consegui manter a posição e comemorar essa vitória”, declarou o piloto.

A segunda posição na etapa ficou com o carioca Henrique Lambert, grande destaque da prova. Largando da 12ª posição, ele assumiu a vice-liderança já na sexta passagem, e voltou ao pódio após vencer as duas corridas anteriores da temporada. Terceiro mais rápido no treino de classificação, Henrique foi desclassificado da tomada de tempos por ter ultrapassado um competidor mais lento em bandeira vermelha. A punição também foi aplicada a Victor Corrêa (segundo no treino e 11º no grid), Enzo Morrone (quarto no treino e 13º no grid) e Charles Gruenberg, que largou em último.

“Este é um erro que pretendo nunca mais cometer, já que ele me custou a possibilidade de brigar diretamente pela vitória”, lamentou Lambert. “Mas pegamos um carro muito lento na nossa frente e nós quatro acabamos passando. Tive que abusar um pouco mais nas primeiras voltas para conseguir me recuperar, e acabei gastando os pneus. Com isso, não tive como me aproximar do Amorin, mas este segundo lugar, de qualquer maneira, teve gostinho de vitória para mim”, encerrou o carioca.

Boa corrida de recuperação também fez Victor Corrêa, que recebeu a bandeirada em quarto. Ele dependia deste resultado para ser campeão mesmo em caso de vitória de seus dois adversários na disputa, Caio Lara e Allisson Silva, mas pôde comemorar o título com larga margem sobre os rivais em virtude da vitória de Amorin e do segundo lugar obtido por Lambert.

“Foi uma boa corrida e consegui me recuperar mesmo largando atrás e dando uma rodada na primeira volta”, falou o campeão. “Este foi um ano maravilhoso, em que pude comemorar quatro vitórias, um segundo lugar e um terceiro, e estou muito feliz por ter confirmado o título por antecipação. Cheguei a ficar um pouco apreensivo antes da corrida, e também nas primeiras voltas, porque precisava recuperar posições. Mas, tive novamente um ótimo carro e acabou dando tudo certo”, acrescentou o campeão, que planeja se transferir para o automobilismo inglês no próximo ano.

A décima etapa da Fórmula São Paulo começará às 8h45 deste domingo no Autódromo de Interlagos.

O resultado completo da etapa deste sábado no circuito paulista é o seguinte:

1) Amorin Jr., 18 voltas em 31min31s437
2) Henrique Lambert, a 0s930
3) Alisson Silva, a 9s149
4) Victor Corrêa, a 28s403
5) Felipe Leonardos, a 31s188
6) Caio Lara, a 35s007
7) Marcio Pasaneli, a 35s037
8) Leandro Florenzo, a 37s427
9) Rafael Andrade, a 1 volta
10) Charles Gruenberg, a 4 voltas
11) Alberto Cattucci, a 8 voltas
12) Nilton Molina, a 12 voltas
13) Enzo Morrone, a 16 voltas
14) Thiago Armentano, não completou

Veja como ficou o campeonato após a corrida deste sábado (com dois dos três descartes já definidos):

1) Victor Correa, 112
2) Caio Lara, 91
3) Allisson Silva, 87
4) Marcio Pasaneli, 72
5) Henrique Lambert, 71
6) Felipe Leonardos, 57
7) Amorim Jr., 55
8) Thiago Calvet, 52
9) Werner Neugebauer, 26
10) Thiago Massa, 13
11) Paulo Meyer, 13
12) Gabriel Tojal, 11
13) Leandro Florenzo, 11
14) Nilton Molina, 5
15) Rafael Suzuki, 4
16) Vinicius Mauri, 4
17) Raphael Andrade, 2
18) Charles Gruenberg, 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *