F1: A convite de Massa, Ferrari recebe piloto brasileiro em seu box em Monza

Victor Guerin, piloto do Campeonato Italiano de Fórmula Abarth, acompanha a equipe durante o GP da Itália a convite do amigo brasileiro, com quem já dividiu o kart nas 500 Milhas da Granja Viana

Os boxes da equipe Ferrari durante o GP da Itália de Fórmula 1, que será disputado neste final de semana no tradicional circuito de Monza, contam com a presença de outro piloto brasileiro além do vice-campeão mundial de 2008, Felipe Massa. Trata-se do paulista Victor Guerin, de 18 anos de idade, que acompanha de perto o trabalho da equipe italiana a convite do próprio Massa.

“Tenho bastante contato com o Felipe e, como estou morando na Itália, ele me convidou para assistir ao GP. Aceitei na hora e estou fascinado por acompanhar o trabalho da Ferrari. É algo surreal”, comenta o jovem piloto brasileiro, que disputa nesta temporada o Campeonato Italiano de Fórmula Abarth e nos últimos anos integrou a equipe de Massa nas 500 Milhas de Kart da Granja Viana, realizada nos finais de temporada no Brasil.

“É a primeira vez que acompanho um GP de Fórmula 1 de dentro do box. Uma vez visitei os boxes do GP Brasil apenas na sexta-feira e bem rapidamente. Neste final de semana é diferente, porque estou tendo a oportunidade de ver como é o trabalho deles na Fórmula 1”, conta Guerin. “Uma das coisas mais legais que eu percebi neste primeiro dia é que, apesar de toda a tecnologia, a base do trabalho na Fórmula 1 é a mesma que vemos nas categorias de base. Os gráficos de telemetria, por exemplo, são iguais aos que eu tenho na Fórmula Abarth”, exemplifica.

Em sua primeira temporada no automobilismo europeu, Victor Guerin vê a visita ao GP da Itália também como uma excelente oportunidade de conhecer pessoas importantes. “Como estou perto do Felipe o tempo todo, todas as pessoas que vêm conversar com ele acabam sendo apresentadas a mim também. Já conheci, por exemplo, o Nicolas Todt (empresário de Felipe Massa e filho do presidente da FIA, Jean Todt), que perguntou onde eu estava correndo e conversou comigo um bom tempo sobre minha carreira, conheci também o Luca di Montezemolo (presidente da Ferrari) e várias pessoas do meio”, conta o brasileiro.

Guerin encerrou seu relato sobre o convite dizendo que todos os pilotos das categorias de base deveriam ter uma oportunidade semelhante. “Já percebi que neste final de semana vou aprender muitas coisas que vou levar para a minha carreira depois. Acho que é uma oportunidade única que eu tive, e todos os pilotos deveriam passar um final de semana desses para conhecer de perto o trabalho de um time na Fórmula 1”, finalizou Guerin.

O GP da Itália será disputado neste domingo, com transmissão ao vivo para o Brasil a partir das 9h pela TV Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *