F1: A Fórmula 1 não será um fardo, diz dono de nova equipe

A equipe Haas fará sua estreia no Mundial de Fórmula 1 no ano que vem e não está preocupada com as dificuldades que terá pela frente. Gene Haas, fundador do time norte-americano, também administra sua esquadra na Nascar, porém não vê problemas em disputar duas competições ao mesmo tempo.

A Haas tem nove meses para se adequar à Fórmula 1, tempo em que também terá de cuidar dos negócios de sua equipe na Nascar. No entanto, Gene avisa que não será vítima de um possível acúmulo de funções.

“Tenho outras pessoas para cuidar do funcionamento da equipe na Nascar. Eu tenho um parceiro, Tony Stewart (três vezes campeão da categoria norte-americana), e ele me ajuda muito bem com outros profissionais que fazer todo o trabalho”, disse Haas à revista inglesa Autosport.

“Meu trabalho principal é a construção de máquinas, que vai ser meu principal objetivo no próximo ano e ainda vou estar fazendo a Nascar, juntamente com a F1”, explicou o fundador da equipe americana.

“Mas eu não acho, realmente, que a F1 será um fardo. Para mim, o maior fardo vai ser fazer todas as viagens”, contou, antes de brincar com a situação. “Eu não sei. Não tenho a menor ideia de como estou indo fazer todo este trabalho”, completou.

A Haas acertou uma parceria com a Ferrari, que fornecerá os chassis e a carroceria para os bólidos da equipe norte-americana. No entanto, as regras permitem que as outras peças sejam compradas de outros fabricantes.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *