F1: Acordo garante GP em Monza

Um acordo, entre os dirigentes do autódromo de Monza e os moradores dos arredores do tradicional circuito italiano, foi realizado na sexta-feira (16/06). Os moradores reclamavam sobre os ruídos feitos pelos carros nos dias de competições, e entraram com a ação em novembro de 2005. A alegação era de que o barulho era o acima do permitido por lei.

 


O mais engraçado nesta história é que o autódromo foi inaugurado em 1922, e na época não havia moradores ao seu redor, que foram chegando durante os anos. Ou seja, eles sabiam onde para onde estavam se mudando e os moradores atuais, ou vivem lá a anos ou se mudaram com o autódromo lá. Portanto essa ação é algo digamos que sem sentido, pois Monza chegou primeiro.


 


Agora se a moda pega Interlagos, que foi construído também quando não havia nada a seu redor, tem que tomar cuidado para que os moradores ao seu redor não copiem a idéia italiana.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *