F1: Alonso afirma que motivação pelo título da F1 está maior

O campeão mundial da Renault, Fernando Alonso, afirmou que está mais determinado do que nunca a vencer Michael Schumacher, da Ferrari, antes de deixar a escuderia francesa no fim da temporada.

“Estivemos liderando o ano todo e queremos terminar na mesma posição”, disse o espanhol, que lidera o Mundial dois pontos à frente de Schumacher com apenas três corridas para o término da temporada — China, Japão e Brasil.


“Honestamente, acho que a motivação está maior do que nunca. Restam três corridas para mim nesta fantástica equipe Renault, e também as últimas corridas da Michelin nesta fase da Fórmula 1”.


“Então, nossa motivação para vencer é enorme, e acho que podemos conseguir”, acrescentou o piloto de 25 anos.


O Grande Prêmio da China, na próxima semana em Xangai, será o primeiro desde a controversa corrida na Itália, quando Alonso foi penalizado pelos fiscais por ter atrapalhado Felipe Massa, da Ferrari, no treino classificatório.


O espanhol, que abandonou a prova com problemas no motor a 10 voltas do fim, declarou pouco antes da corrida que a Fórmula 1 não podia mais ser considerada um esporte.


Ele ainda acusou o heptacampeão Schumacher, que anunciou sua aposentadoria para depois dessa temporada logo após o término da corrida em Monza, de ser o piloto mais antidesportivo da história.


Alonso, que embarcou para o Japão para um evento promocional antes de partir para Xangai, não participou dos treinos desta semana devido a um machucado no joelho.


A equipe negou as especulações de que o espanhol tenha sido afastado dos treinos por já ter acertado sua transferência para a McLaren em 2007.


“O importante nas próximas corridas é dar o máximo ao clube”, disse Alonso, que venceu o GP da China ano passado e terminou em terceiro no Japão e no Brasil.


“Sempre soubemos que seria muito apertado no fim do campeonato e eu estava preparado para isso”, acrescentou.


Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *