F1: Alonso ameaça se aposentar caso FIA aprove mudanças

O espanhol Fernando Alonso, bicampeão da Fórmula 1, mostrou toda sua desaprovação quanto às mudanças que a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) pretende promover na categoria até 2010. Nesta terça-feira, o piloto chegou a cogitar a aposentadoria caso a idéia das equipes usarem um motor padrão seja aprovada.

“Se eles aprovarem um único motor, isso seria a gota d’água. Seria a hora de começar a pensar na aposentadoria”, ameaçou Alonso, que considera a provável mudança “um passo para trás”. Além do motor padronizado, a FIA também pretende que a transmissão dos carros seja a mesma para todas as equipes, em uma tentativa de reduzir os custos na Fórmula 1.

Alonso também fez questão de lembrar que os motores na categoria já foram mais potentes, passando do V10 para o V8, em 2005. “(O motor V10) era empolgante para os pilotos – automobilismo no seu limite”, disse o bicampeão mundial. “Nós fomos de uma visão do futuro para carros sem recursos eletrônicos e tração, o que é uma visão do passado“.

Mesmo desaprovando as propostas para 2010, o espanhol surpreendeu ao elogiar as mudanças que a Fórmula 1 terá já no ano que vem. Na temporada de 2009, a FIA promoverá a volta dos pneus slick e a implantação do sistema Kers. Com a nova tecnologia, os carros reaproveitarão a própria energia, o que permitirá um ganho de potência do motor a cada volta. Além disso o mecanismo tem a vantagem de ser acionado pelo piloto, que pode escolher o melhor momento para fazê-lo.

“A vantagem é que praticamente todo mundo está começando do zero”, afirmou Alonso, que não hesitou em afirmar que buscará o tricampeonato da categoria em 2009. “No ano que vem eu tentarei ser campeão. Você não pode se permitir começar o campeonato sem pensar em vencer. Meu objetivo é o título. É um objetivo bem claro”.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *