F1: Alonso: ‘se a Ferrari quiser, me terá’

Sem grandes resultados no seu retorno à Renault neste ano, escuderia em que foi bicampeão do mundo em 2005 e 2006, o espanhol Fernando Alonso admitiu seu desejo de se tornar piloto da Ferrari a partir da próxima temporada, quando Kimi Raikkonen poderá se aposentar.

“Se a Ferrari quiser, me terá, e se não quiser, não terá. Não depende se ganhar ou não o título”, afirmou o espanhol, segundo o diário Marca.


A publicação diz ainda que o asturiano “só tem olhos” para a escuderia italiana e que essa foi a maior “declaração de amor” feita por Alonso à Ferrari.


No entanto, o bicampeão afirma que para o ano que vem ainda não há nada de concreto. “Não tenho nada claro, nada decidido. Estou tranqüilo. Quando vou para uma equipe, quero ganhar, como quando acertei com a Renault, mas que não foi possível. Trabalhamos o máximo possível e no ano que vem tentarei ganhar seja onde for”.


Alonso teve o apoio de Ross Brown, um dos dirigentes da Honda e que já trabalhou na Ferrari. “Alonso é o melhor piloto do mundo e tem seu futuro em suas mãos”.



Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *