F1: Apesar de indefinição, diretor vê Grosjean como primeiro piloto da Lotus

Mesmo não garantido na Lotus em 2014, Romain Grosjean goza de prestígio com alguns nomes importantes dentro da escuderia. No que depender do diretor de operações Alan Permane, o francês não deve apenas seguir no time, mas tornar-se o primeiro piloto em um futuro breve.

“Não diria que foi um grande avanço, mas desde Nurburgring e Hungria Romain está ficando melhor e melhor. Sabíamos que a equipe tinha potencial para ir bem e ele correspondeu. Para ele, isso será muito importante. Ele vai saber que tem condições de fazer isso”, elogia.

Para Permane, o desempenho de Grosjean evoluiu a um ponto que o francês pode ser o nome ideal para substituir Kimi Raikkonen no posto de primeiro piloto da escuderia. O dirigente, no entanto, ressalta que é preciso saber que será seu companheiro no caso de permanência na equipe.

“Eu não vejo por que não, honestamente. Obviamente depende de quem será o companheiro de equipe, se será alguém de personalidade forte ou não, mas não vejo por que não. Agora é a chance e ele precisa agarrá-la, o que será bom de ver”, conclui.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *