F1: Apesar de quinta colocação, Hamilton afirmou estar “agradecido”

Em seu sétimo grande prêmio usando a mesma configuração de motor, Lewis Hamilton se disse agradecido por ter terminado na quinta colocação, neste domingo. Apesar de a posição ter tirado-o do topo da classificação do campeonato, o britânico da Mercedes temia não terminar a corrida e ficou “feliz” com o resultado, já que teve problemas com seu carro

“Meu motor dizia que estava acima da temperatura e eu não conseguia abaixa-la”, disse Hamilton. “Apenas pensei que não conseguiria e, a cada volta, sentia que estava no limite, esperando que a energia caísse e desaparecesse, porque ficava caindo e voltando e caindo.”

Para diminuir os impactos do problema, a Mercedes fez o pit stop antes do planejado e providenciou mudanças mecânicas no veículo a fim de abaixar a temperatura do carro. Apesar de o problema ter sido solucionado e Hamilton ter lutado pelo quarto lugar do australiano Daniel Ricciardo, o piloto terminou o dia no quinto posto, garantindo 10 pontos e ficando atrás, por apenas um, do atual número um na classificação geral, o alemão da Ferrari, Sebastian Vettel.

“Eu poderia ter perdido muito mais pontos”, disse ele. “Estou muito grato por ter terminado. Estou tão feliz que cheguei ao fim”, declarou. Para ele, apesar de ter perdido a liderança, a equipe não precisa se desesperar. “Temos que continuar trabalhando, o que eu sei que os caras estão. Acho que só precisamos nos manter positivos”, concluiu.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *