F1: Após processo, Ferrari muda nome de carro de 2011

A Ferrari foi a primeira equipe da Fórmula 1 a lançar o carro a ser utilizado na temporada 2011 da categoria, ainda antes do primeiro teste de pré-temporada, em Valência. Tamanha pressa, no entanto, quase gerou um problema: a escuderia foi processada pela construtora Ford, por ter utilizado uma logomarca semelhante à sua para o monoposto F150, e teve que mudar o nome da sua criação.

A equipe italiana afirmou, na data de lançamento de seu novo bólido, que o nome seria fruto de uma homenagem à data de unificação do país. No entanto, a fábrica norte-americana alegou que Il Cavallino se utilizou da marca “a fim de se aproveitar da clientela já estabelecida pela Ford com a F-150, a picape mais vendida nos Estados Unidos”.

“A Ferrari se apropriou indevidamente da marca registrada F-150 ao nomear seu carro de Fórmula 1 como F150”, afirmou a fábrica norte-americana, em comunicado à agência Reuters.

Processada, a escuderia promoveu a retirada de todas as citações alusivas ao F-150 de seu site, e alterou o nome do seu monoposto para F150th Italia, mantendo assim a homenagem. Apesar disso, o site oficial do novo carro, montado pelo time do brasileiro Felipe Massa, ainda permanece como “Ferrarif150.com”.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *