F1: Após reunião, Senna confia em permanecer na Campos

O brasileiro Bruno Senna acredita que estará no grid de largada da Fórmula 1 no dia 14 de março, quando a etapa do Bahrein abre o Mundial 2010. Com contrato em vigência com a Campos, o piloto participou neste domingo de uma reunião com os novos chefes da equipe para definir a sua situação.

Senna saiu tranquilo do encontro com Jose Ramon Carabante e Colin Kolles, uma vez que não recebeu nenhum pedido de dinheiro para permanecer com a vaga, a despeito das dificuldades financeiras do time.

Sem patrocinadores pessoais, o sobrinho de Ayrton Senna firmou seu acordo com a equipe quando ela ainda era tocada por Adrian Campos, obrigado a vender sua parte para Carabante, que chamou Kolles, ex-Force India, para chefiar os trabalhos.

Proprietário da empresa de marketing esportivo Meta 1, Carabante já era sócio do time, mas resolveu assumi-lo em sua totalidade para evitar o vexame de não conseguir correr nesta temporada, visto que Campos não conseguir levar adiante o projeto de conseguir dinheiro através do marketing do nome Senna. Com a injeção de investimento, o time corre para estar com tudo pronto para a estreia, que será realizada em nenhum treino.

Ex-companheiro de Senna na temporada 2008 da GP2, o indiano Karun Chandhok é o mais cotado para fechar com a Campos.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *