F1: Atrasada, Ferrari informa que ainda não usou o Kers

Equipes como BMW Sauber e Williams estão à frente no desenvolvimento do Kers, o sistema de aproveitamento de energia cinética nos motores que será implantado na Fórmula 1 a partir de 2009, mas a Ferrari, através de sua assessoria de imprensa, informou que ainda não iniciou os trabalhos com o dispositivo.

Atrasada, a Ferrari poderá fazer, de acordo com o site F-1 Live, seus primeiros testes com o kers ainda nesta semana, em Jerez de la Frontera (Espanha), ou então, no mais tardar em janeiro, no circuito português do Algarve.


“O sistema precisa ser compacto e leve, afetando a dirigibilidade o mínimo possível”, afirmou o diretor técnico da Ferrari, Aldo Costa, ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport.


Apesar da negativa da Ferrari em relação ao uso do Kers em treinos recentes, carros da equipe apareceram com adesivos advertindo sobre alta voltagem, o que indicaria testes senão com o novo sistema, com algum mecanismo relacionado à engenhoca.


Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *