F1: Bandeira vermelha em Mônaco

Um acidente entre o venezuelano Pastor Maldonado (Williams) e o francês Jules Bianchi (Marussia) provocou o acionamento da bandeira vermelha, na volta 45, de 78.

Maldonado foi fechado por Bianchi, indo direto no muro. Com a barreira de proteção destruída, a bandeira vermelha foi acionada, para o conserto da barreira.

Todos os carros foram para o grid. Foi anunciado que em seis minutos a prova será reiniciada.

O brasileiro Felipe Massa (Ferrari) abandonou na volta 30, após sofrer um forte acidente no mesmo local onde o piloto bateu no terceiro treino livre de ontem. O Safety-Car foi acionado devido à batida.

Massa está no Centro Médico, fazendo exames. Segundo informações, ele não sofreu nenhuma lesão.

O alemão Nico Rosberg (Mercedes) lidera desde a largada.

Os carros já iniciaram a volta 47, com o Safety-Car na pista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *