F1: Barrichello ressalta importância de tração no rápido circuito de Monza

Brasileiro ainda comentou a escolha da Ferrari por Fisichella.

Após passar quase duas semanas no Brasil, Rubens Barrichello segue para a Europa para a 13ª etapa da Fórmula 1 em Monza. O GP da Itália é o último do ano em solo europeu, e, além de ser o mais rápido circuito do calendário – os carros atingem velocidades de até 340 kph, é também um dos mais tradicionais, sendo disputado desde o começo da categoria em 1950. A corrida está marcada para esse domingo (13) às 9h (horário de Brasília) no Autodromo Nazionale de Monza. Barrichello já conquistou duas vitórias nessa prova, em 2002 e 2004, ambas quando corria pela Ferrari, e outros dois pódios, em 2001 (2º) e 2003 (3º).

“Monza é uma pista especial, de alta velocidade, ultrapassagens e de muita emoção”, afirmou o brasileiro. Rubens explicou as características do traçado e o caminho para fazer uma boa corrida. “A principal característica do circuito são as longas retas (quatro, ao todo), e com isso, a baixa carga aerodinâmica. Uma boa freada e uma boa tração são essenciais lá. Também teremos zebras novas esse ano, e dizem que elas são bem altas, por sinal. Acredito em um bom rendimento do meu carro”.

O piloto, de 37 anos, ainda comentou sobre a escolha do italiano Giancarlo Fisichella para substituir o brasileiro Felipe Massa na Ferrari pelo resto da temporada. “Será uma grande emoção para ele, mas também uma pressão extra. Para alguém que sempre sonhou com esse momento (correr pela Ferrari e em Monza), com certeza dará um frio na espinha. Mas ele é um ótimo piloto e se sairá bem. Temos só que lembrar que ele passará por uma adaptação ao carro também”, ressaltou. Na última corrida, há duas semanas na Bélgica, Barrichello já havia comemorado o bom desempenho dos “veteranos”, após a pole position de Fisichella.

Após duas boas provas em Valência e Spa-Francochamps, Rubens pulou da quarta para a segunda posição na classificação geral, e diminuiu para 16 pontos a distância para o líder do campeonato, seu companheiro de equipe, Jenson Button. Faltando cinco corridas para o fim do campeonato, são 50 pontos em disputa. “Tem sido uma temporada cheia de surpresas, por isso é impossível prever o que vai acontecer, mas espero que possamos ter um ótimo fim de semana”, concluiu.

Programação do fim de semana em Monza:

Sexta-feira (11)
5h: Treino Livre 1
9h: Treino Livre 2

Sábado (12)
6h: Treino Livre 3
9h: Treino Classificatório

Domingo (13)
9h: Corrida (53 voltas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *