F1: Bernie Ecclestone aprova venda de carros entre equipes na Fórmula 1

O britânico Bernie Ecclestone, chefe comercial da Fórmula 1, acredita que a categoria pode ganhar em emoção e competitividade se adotar a compra e venda de chassis, como outros campeonatos. Segundo o dirigente, a prática poderia ajudar equipes menores a lutar por resultados mais expressivos.

Questionado sobre a possibilidade de as principais equipes da F1 contarem com três carros no grid a partir das próximas temporadas, Ecclestone se mostrou contrário à ideia e sugeriu a venda de chassi.

“Não acho que isso vai acontecer, mas gostaria de ver algumas equipes pequenas com um carro vendido por um time de ponta, que foi usado no ano anterior. Quem sabe ele poderia ser pilotado por um novato”, disse o britânico ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

Segundo Ecclestone, as equipes pequenas teriam mais chances de brigar por boas posições nas provas da F1 e ainda conseguiriam diminuir seus custos, uma das prioridades da categoria em tempos de crise econômica.

“Eu gostaria de ver isso. Certas equipes teriam resultados melhores do que hoje, com certeza, e também economizariam imediatamente”, avaliou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *