F1: Bernie Ecclestone quer ‘fazer as coisas acontecerem’ no Bahrein

Chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone ressaltou mais uma vez que quer trazer a etapa do Bahrein, adiada em março desde ano, de volta ao calendário 2011 da categoria. Nesta terça-feira, em entrevista à rede de televisão CNN, o dirigente disse estar confiante para que os times aceitem fazer a corrida no país árabe.

“Se tem paz lá e eles são felizes, então ficaríamos felizes também em nos comprometer e fazer as coisas acontecerem para eles”, disse Ecclestone. A data limite para que o país passasse um parecer da situação em seu território – tensionada em função de conflitos entre a população manifestante e a Família Real – é no próximo dia 3 de junho.

Ecclestone também já cogitou realocar o GP da Índia, marcado para os dias 28 a 30 de outubro, para dezembro, retirando o encerramento da temporada do Brasil e incluindo o Bahrein nesta lacuna. No entanto, alguns dirigentes como Ross Brawn, da Mercedes, mostraram-se totalmente contra a medida nesta manhã. Para Brawn, uma decisão assim é “totalmente inaceitável”.

No entanto, o empresário mais poderoso da F-1 continua firme em sua postura. “Eu acho que os times estão felizes. Se é seguro e tudo está bem, então eu acho que as equipes ficarão felizes em apoiar tudo isto. Nós sempre tentamos ficar fora de política, religião e coisas do gênero. Eu não sei e nem vou saber se as pessoas descobriram quais são os verdadeiros problemas por lá”, finalizou Ecclestone.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *