F1: BMW testa nova ‘asa-chifre’ em Jerez

A BMW/Sauber roubou as atenções nos testes da Fórmula 1 em Jerez de la Frontera (Espanha), nesta sexta-feira, ao ir para a pista com um par de asas verticais entre o aerofólio dianteiro o chassi, lembrando chifres.

O polonês Robert Kubica, piloto de testes da equipe, admitiu não ter tem certeza sobre qual é a utilidade do dispositivo. “Não tenho claro para que servem, não notei grandes diferenças e não acredito que as usaremos em corrida”, afirmou ao diário espanhol Ás.

De qualquer forma, tanto Kubica quanto o canadense Jacques Villeneuve foram mais lentos apenas que Michael Schumacher, da Ferrari, na sessão.

Villeneuve fez a melhor volta em 1:17.714, e Kubica, em 1:18.194. Schumacher marcou 1:16.626.

Na quinta-feira, a FIA decidiu que a equipe deveria fazer modificações na asa traseira, que seriam flexíveis – o que é proibido -, segundo a análise de imagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *