F1: Briatore cutuca Ferrari: “eles já deveriam se concentrar em 2012”

Flavio Briatore, diretor da equipe Renault quando Fernando Alonso ganhou seus dois títulos da Fórmula 1, deu um conselho ao espanhol e à Ferrari nesta quarta-feira. O italiano considera que a escuderia “já deveria se concentrar no Mundial de 2012”. Sempre polêmico, ele destacou a enorme distância que separa os carros da equipe italiana dos da Red Bull.

Na Austrália, o alemão Sebastian Vettel mostrou que a diferença para os carros da Ferrari “é uma eternidade”, segundo Briatore. Na sua opinião, será muito difícil se recuperar neste ano porque a Red Bull ainda vai melhorar durante a temporada.

“Pode parecer absurdo, mas acredito que eles já deveriam se concentrar no carro de 2012. Sem dúvida, a equipe tem toda a engenharia e os recursos necessários, mas a desvantagem de meio segundo para a Red Bull é uma eternidade”, declarou Briatore ao diário finlandês Turun Sanomat.

Fernando Alonso, que terminou o GP da Austrália em quarto, admitiu decepção com o resultado. Entretanto, o espanhol afirmou que “não há motivos para preocupação”. Felipe Massa encerrou a corrida na sétima posição e também não mostrou grande desempenho em Melbourne.

O ex-campeão mundial Niki Lauda também comentou sobre o resultado e disse que a corrida na Austrália marcou um início de temporada difícil para a Ferrari. Isso porque os carros da escuderia italiana ficaram mais lentos que seus concorrentes diretos: Red Bull e McLaren.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *