F1: Briatore volta a atacar Nelsinho: “Até um jornalista teria guiado melhor”

Flavio Briatore passou calado a maior parte dos últimos meses, nos quais Nelsinho Piquet a princípio o atacou pessoalmente e depois denunciou a suposta ‘marmelada’ no Grande Prêmio de Cingapura de 2008. Porém, quando resolver falar, o italiano se transformou em uma verdadeira metralhadora: sua última pérola foi dizer que até um jornalista teria se apresentado melhor que o piloto brasileiro na Fórmula 1.

Transformando uma das investigações mais sérias da história da categoria em uma guerra de palavras, Briatore partiu decididamente para o ataque depois de ser acusado, junto ao diretor técnico da Renault, Pat Symonds, de ter armado um acidente para beneficiar Fernando Alonso na prova em questão.

Ironizando as revelações comprometedoras realizadas por Nelsinho, o dirigente apontou que, incluso aquele de Cingapura, o jovem se envolveu em 17 acidentes durante o período passado na Renault. “Não creio que lhe tenhamos pedido nada nesses casos”, afirmou, em relação ao piloto que abandonou 11 corridas desde 2008. “Tenho 100% de certeza de que, se ele tivesse continuado conosco, toda essa história não teria surgido”.

Em conversa particular em Monza com a imprensa espanhola relatada pelo diário AS, Briatore chegou à conclusão de que o brasileiro jamais teve potencial para competir na Fórmula 1. “Acho que um jornalista teria feito um trabalho melhor que o dele, depois do que vimos”, cravou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *