F1: Button ignora lendas e se diz o melhor da história

Com 64 pontos ganhos e seis vitórias nas oito primeiras corridas da temporada, Jenson Button lidera o Mundial de maneira confortável. Empolgado, o britânico ignora lendas como Michael Schumacher, Juan Manuel Fangio, Alain Prost e Ayrton Senna e se diz o melhor da história.

Em entrevista à revista GQ, o piloto da Brawn GP foi questionado sobre quem considerava o melhor piloto de todos os tempos. Sem titubear, ele cravou: “eu sou o melhor”. Button contabiliza apenas sete vitórias na carreira, mesmo número de títulos mundiais do alemão Michael Schumacher.

Ao falar do título do compatriota Lewis Hamilton, da McLaren, no Mundial da última temporada, ele também foi incisivo. “Só me preocupo com que eu ganhe e tenho ciúme de qualquer outro que consiga a vitória”, declarou o britânico em entrevista à publicação.

De uma temporada para outra, Button passou deixou os resultados inexpressivos que acumulou durante toda sua trajetória na Fórmula 1 para se tornar o principal candidato a suceder Hamilton, atual 11º colocado no Mundial, com apenas nove pontos em oito corridas.

“Agora, ele está em uma situação difícil, a mesma em que muitas vezes eu me vi anteriormente. É duro para ele, mas veremos do que ele é feito. Como acho que ele é rápido e forte mentalmente, acredito que vai sair bem dessa”, declarou Jenson Button.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *