F1: Carros da Alfa Romeo são punidos e Williams marca seu primeiro ponto em 2019

A alegria se transformou em desgosto para a Alfa Romeo horas após o Grande Prêmio da Alemanha, quando os comissários penalizaram Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi por infração nas embreagens no início da corrida, tirando-os do top 10. Com essa alteração na classificação final da corrida, a Williams conquistou seu primeiro ponto na temporada 2019. A equipe Alfa Romeo pretende apelar da decisão.

Raikkonen e Giovinazzi cruzaram a linha de sétimo e oitavo, respectivamente, dando à Alfa Romeo o melhor resultado da temporada. No entanto, logo após a corrida, os comissários convocaram um representante da equipe para discutir uma suposta violação do Artigo 27.1, relacionada à aplicação do torque da embreagem durante o início da corrida.

Os comissários descobriram que o torque na embreagem na largada não correspondia à demanda de torque, pois os pilotos liberaram a embreagem dentro do período máximo especificado de 70 milissegundos. Este tempo foi medido em aproximadamente 300 milissegundos.

Eles compararam essa brecha com a de uma largada falsa com uma vantagem em potencial e, portanto, optaram por dar aos dois pilotos uma penalidade de 10 segundos de Stop and Go, o que equivale a 30 segundos adicionados a cada um de seus tempos de corrida.

Respondendo ao veredicto dos comissários, o diretor da equipe da Alfa Romeo, Frederic Vasseur, disse: “É extremamente decepcionante ter ambos os carros penalizados e eliminados dos pontos em uma corrida tão empolgante. A situação surgiu durante as voltas que passamos atrás do safety car antes do início: sofremos uma disfunção da embreagem que estava além do nosso controle e vamos investigar o problema.”

“Nós respeitamos o processo da FIA e o trabalho dos comissários, mas apelaremos desta decisão, pois acreditamos ter os fundamentos e evidências para derrubá-la. Nesse sentido, entraremos em contato com a FIA em breve”.

A penalização de Raikkonen e Giovinazzi significam que Romain Grosjean subiu para o sétimo e Kevin Magnussen para oitavo. O líder do campeonato, Lewis Hamilton, marcou dois pontos em nono, o que significa que ele ampliou sua sequência de pontos para 23 corridas, enquanto Kubica marca seu primeiro ponto desde que retornou à Fórmula 1 nesta temporada, depois de oito anos, na décima posição.

É uma boa recompensa para uma equipe da Williams que enfrentou uma temporada terrível, sem o ritmo para duelar com as demais equipes, mas tendo aparecido para fazer melhorias nas últimas corridas, graças a uma série de acontecimentos que se mostraram promissores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *