F1: Caterham e Marussia fora do GP dos EUA

Após o anúncio de que a Caterham não irá disputar o GP dos EUA, no próximo final de semana, o chefão da F-1, Bernie Ecclestone, confirmou que a Marussia também não irá disputar a prova na América do Norte. As duas são as menores equipes da F-1.

A Caterham passou a ser controlada por uma consultoria administrativa, que procura um comprador para o time.  Já a Marussia, tambem com graves problemas financeiros, ainda convive com o drama do acidente do francês Jules Biachi em Suzuka, no Japão.

“Nenhum dos dois times viajará aos Estados Unidos”, disse o britânico à agência de notícias Reuters.

A Caterham já foi autorizada a também não disputar o GP do Brasil, o que provavelmente será estendido para a equipe russa. Mas as duas devem retornar para o encerramento da temporada, em Abu Dhabi.

Desde o GP de Mônaco de 2005, quando a equipe BAR estava suspensa, um grid de F-1 não tem apenas 18 carros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *