F1: Chefe da Toro Rosso se diz satisfeito com parceria com a Honda

A Honda tenta recuperar, nesta temporada da Fórmula 1, o bom desempenho de seu motor após anos sendo alvo de críticas, além das péssimas lembranças da época que se juntou à McLaren, entre 2015 e 2017. Agora com a Toro Rosso, a Honda tem início otimista após boa pré-temporada da equipe italiana.

Após ter três fornecedores de motor nos últimos três anos, a Toro Rosso pareceu se encontrar com os motores da Honda. O chefe da equipe, Franz Tost não se mostrou surpreso com o desempenho. “Não estou tão surpreso, porque estava convencido de que a Honda está em uma posição muito melhor do que a mencionada no ano passado. Além disso, a Honda trabalhou durante os meses de inverno em performance, bem como no lado da confiabilidade. Até agora, eles fizeram um trabalho muito bom e estamos bastante satisfeitos com essa cooperação”, disse.

Outro ponto que satisfez Tost foi o encaixe do motor ao chassi do seu carro. “Desse ponto de vista, tivemos um inverno muito ocupado e bom, porque foi o primeiro momento em que os projetistas da Toro Rosso puderam apresentar os problemas. No passado, tínhamos a unidade de potência e algumas caixas elétricas apenas para encontrar uma maneira de encaixar tudo no carro. Agora, podemos apresentar propostas e sugestões do nosso lado, o que facilita a vida. E espero que tenhamos mais sucesso”, declarou.

“Por causa da experiência que já temos neste ano, nossos designers e os designers da Honda podem otimizar a integração entre a unidade e o carro. No passado, sempre tivemos que tomar uma decisão de última hora com relação ao motor, sempre dentro de algumas semanas. Agora, começamos já em fevereiro pensando no carro do próximo ano”, concluiu o chefe da equipe italiana.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *