F1: Chuva interrompe segundo teste de Rossi com a Ferrari

A chuva literalmente parou Valentino Rossi em Mugello. Animado após imprimir bom ritmo no primeiro dia de testes no circuito italiano a bordo da Ferrari, o hexacampeão da MotoGP se viu obrigado a interromper os trabalhos nesta sexta-feira, visto que as condições da pista não estavam favoráveis.

No retorno às atividades em Mugello, Rossi chegou, inclusive, a sair do traçado com o monoposto. Após cerca de 20 voltas, prejudicado pela pista escorregadia e pelo vento, o italiano não conseguiu controlar sua Ferrari e rodou na pista de testes da escuderia italiana.


Na quinta, Rossi havia voltado ao cockpit após dois anos e meio dos treinamentos que quase o fizeram deixar o mundo das duas rodas em direção ao da Fórmula 1. Com um ritmo forte, ele mostrou que não sentiu a falta do controle de tração, excluído na categoria em 2008, e, nas 51 voltas completas, cravou o tempo de 1min22s550, perto do ritmo de Felipe Massa e Kimi Raikkonen, que costumam girar na casa de 1min21s quando entram em ação em Mugello.


Animado com o bom desempenho mostrado especialmente na última tarde, o italiano via com ótimos olhos o segundo (e último) dia de testes, no qual esperava ficar ainda mais próximo dos pilotos regulares da escuderia.


Entretanto, apenas três giros foram cumpridos pelo representante da Fiat Yamaha nesta manhã, já que as fortes chuvas o fizeram retornar aos boxes, e não há previsões de que ele ainda conseguirá voltar à pista.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *