F1: Com a volta mais rápida da história no GP da Austrália, Hamilton é pole

Atual campeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton iniciou a temporada 2018 com o pé direito, conquistando a pole position do Grande Prêmio da Austrália na madrugada deste sábado (24) com direito a recorde. O piloto britânico liderou o Q1 do treino classificatório, ficou em segundo no Q2, mas registrou o melhor tempo do Q3 para garantir a primeira posição na largada da prova de domingo (25), no circuito de Albert Park em Melbourne. Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel ficaram em segundo e terceiro, respectivamente.

O piloto da Mercedes fez 1:21.164, melhor marca da história do autódromo e com larga vantagem grande para o 1:21.828 de Raikkonen e o 1:21.838 de Sebastian Vettel. Depois das duas Ferraris ficaram as Red Bulls de Verstappen (1:21.879) e Daniel Ricciardo (1:22.152).

O Q1 teve Lewis Hamilton terminando no topo e a ascensão das Ferraris, que haviam ficado em quarto e quinto nos treinos livres de sexta-feira e já tinham ido bem no terceiro treino livre, também realizado no sábado. Raikkonen encerrou a primeira parte da atividade na segunda colocação, seguido de Sebastian Vettel. As duas Red Bulls, Max Verstappen e Daniel Ricciardo, completaram o top 5. Parceiro de Hamilton, Bottas foi apenas o nono.

Os eliminados na primeira parte foram os dois pilotos da Toro Rosso, Brendan Hartley (16º) e Pierre Gasly (20º), a dupla da Sauber, Marcus Ericsson (17º) e Charles Leclerc (18º) e o substituto de Felipe Massa na Williams, Sergey Sirotkin (19º).

Hamilton continuou no topo na abertura do Q2, chegando a abrir quase meio segundo de vantagem para Raikkonen, porém Vettel aproveitou a última volta que teve para ser o primeiro piloto a registrar uma volta nada casa do 1:21, com 1:21.944, e concluir a etapa na primeira posição.

Hamilton ficou em segundo, com 0s107 a menos que Vettel, seguido de perto por Bottas (+0s145), que teve melhora significativa em relação ao começo do treino. Inicialmente em segundo Raikkonen acabou a etapa em quinto, pois Verstappen também o superou e ficou em quarto – Ricciardo foi o sexto.

Se despediram no Q2 as duplas de McLaren e Force India, assim como Lance Stroll, da Williams. Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne ficaram em 10º e 11º, respectivamente, seguidos por Sergio Perez (13º), Stroll (14º) e Ocon (15º).

O Q3 começou e logo teve bandeira vermelha, pois Bottas abusou da ousadia na curva 2 e perdeu o controle do carro, que bateu com a traseira no muro e teve seu lado direito despedaçado, sujando toda a pista. O finlandês saiu ileso do acidente, mas foi obrigado a passar por um teste médico.

Por conta dos danos ao carro, será necessária a troca de câmbio antes da corrida, o que fará com que Bottas perca cinco posições no grid. Após a corrida, o piloto explicou que a grama úmida por conta da chuva que caiu antes do treino classificatório contribuiu para que ele perdesse controle após a realização de uma curta mais aberta do que o ideal.

Na continuação, Hamilton voltou com tudo e não deu chances para a concorrência, terminando com folgas com o melhor tempo do dia: 1:21.164. A última volta do britânico deixou o trio Raikkonen, Vettel e Verstappen a mais de meio segundo de distância. Segundo, terceiro e quarto colocados, respectivamente, os três pilotos ficaram na casa do 1:21.800.

Confira o grid de largada para o GP da Austrália 2018:

Pos Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Vts
1 44 Lewis Hamilton MERCEDES 1:22.824 1:22.051 1:21.164 20
2 7 Kimi Räikkönen FERRARI 1:23.096 1:22.507 1:21.828 17
3 5 Sebastian Vettel FERRARI 1:23.348 1:21.944 1:21.838 20
4 33 Max Verstappen RED BULL RACING TAG HEUER 1:23.483 1:22.416 1:21.879 18
5 3 Daniel Ricciardo RED BULL RACING TAG HEUER 1:23.494 1:22.897 1:22.152 17
6 20 Kevin Magnussen HAAS FERRARI 1:23.909 1:23.300 1:23.187 17
7 8 Romain Grosjean HAAS FERRARI 1:23.671 1:23.468 1:23.339 17
8 27 Nico Hulkenberg RENAULT 1:23.782 1:23.544 1:23.532 16
9 55 Carlos Sainz RENAULT 1:23.529 1:23.061 1:23.577 17
10 77 Valtteri Bottas MERCEDES 1:23.686 1:22.089 DNF 16
11 14 Fernando Alonso MCLAREN RENAULT 1:23.597 1:23.692   14
12 2 Stoffel Vandoorne MCLAREN RENAULT 1:24.073 1:23.853   14
13 11 Sergio Perez FORCE INDIA MERCEDES 1:24.344 1:24.005   14
14 18 Lance Stroll WILLIAMS MERCEDES 1:24.464 1:24.230   13
15 31 Esteban Ocon FORCE INDIA MERCEDES 1:24.503 1:24.786   16
16 28 Brendon Hartley SCUDERIA TORO ROSSO HONDA 1:24.532     8
17 9 Marcus Ericsson SAUBER FERRARI 1:24.556     9
18 16 Charles Leclerc SAUBER FERRARI 1:24.636     9
19 35 Sergey Sirotkin WILLIAMS MERCEDES 1:24.922     8
20 10 Pierre Gasly SCUDERIA TORO ROSSO HONDA 1:25.295     7

Q1 107% – 1:28.621

* Ricciardo perderá três posições no grid por exceder a velocidade durante bandeira vermelha nos treinos livres.
* Bottas perderá cinco posições no grid por trocar o câmbio após a batida no Q3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *