F1: Com problemas financeiros, parte dos salários da Sauber estão atrasados

A Sauber, escuderia do brasileiro Felipe Nasr na Fórmula 1, não atravessa um bom momento financeiramente. Mesmo tendo terminado à frente de equipes como McLaren e Manor no último mundial de construtores, a CEO do time, Monisha Kaltenborn, revelou que alguns funcionários não estão com os salários em dia, principalmente devido aos patrocinadores.

“É verdade, parte dos salários referentes ao mês de fevereiro ainda está pendente. É imensamente lamentável. Estamos com problemas técnicos na remessa de uma grande quantia vinda de patrocinadores do exterior”, disse a CEO ao jornal suíço Blick.

Contudo, a indiana tratou de ressaltar que o atraso não vem acontecendo há tempo e esclareceu que o início do ano é propício a um maior gasto.

“O início do ano é o período em que mais gastamos. Mas vamos resolver isso o mais rápido possível. Voltaremos a ter tudo sob controle e sairemos desta situação lamentável”, afirmou Monisha.

Vale lembrar que a Sauber só testou o carro para a temporada de 2016 na segunda semana de treinos em Barcelona, visto que vinha utilizando o modelo antigo. Além disso, os pilotos da equipe, Felipe Nasr e Marcus Ericsson, recebem os dois salários mais baixos entre aqueles que integram o grid.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *