F1: Decisão de sair da Fórmula 1 será revista pela Bridgestone

A Bridgestone, que anunciou sua retirada da Fórmula 1 ao término da temporada deste ano, pode rever sua decisão.

Segundo a emissora de TV ESPN, o fabricante japonês poderia ser persuadido, caso houvesse um radical corte de custos em relação ao fornecimento de pneus.
Estima-se que para este ano os gastos serão de 55 milhões de euros (cerca de R$ 135 milhões).
Recentemente a Michelin, que deixou a F1 no fim de 2006, admitiu considerar uma proposta para ser a fornecedora única da categoria. Outras empresas como as coreanas Kumho e Hankook também estão cotadas.
Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *