F1: Ecclestone apoia compra da Honda por Branson

O empresário britânico Richard Branson quer assumir a equipe Honda da Fórmula 1, informou o chefe comercial da categoria, Bernie Ecclestone, à Reuters na quinta-feira.

“Falei com a equipe de Richard sobre isso. Ele adoraria fazer isso”, disse Ecclestone depois de dar sua aprovação à compra.

“Eu gostaria muito. Estamos trabalhando para tentar fazer com que isso aconteça.”

A Honda pôs sua equipe, de 700 funcionários, à venda em dezembro, ao anunciar que estava deixando o esporte, tanto como montadora quanto como fornecedora de motores.

Embora a Mercedes, parceira da McLaren, tenha manifestado interesse em fornecer os motores, a escuderia necessita encontrar um comprador antes do início da temporada, dia 29 de março, na Austrália.

Ecclestone disse que o grupo Virgin, de Branson, fez uma proposta e que esta é a única alternativa real para a aquisição da equipe. A negociação está sendo liderada pelo chefe-executivo da Honda Nick Fry e o diretor Ross Brawn.

A outra opção seria fechar a equipe, uma decisão que encerraria a carreira do piloto Jason Button.

Ecclestone disse que a decisão está nas mãos da Honda.

O jornal britânico The Guardian disse que o prazo seria a próxima segunda-feira, com a Mercedes estipulando uma data para o primeiro pagamento dos motores.

A Honda não foi capaz de encontrar patrocinadores para sua equipe, que teve rendimento abaixo do esperado, e investiu cerca de 300 milhões de dólares de recursos próprios mas finalizou a temporada passada na nona posição.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *