F1: Ecclestone confirma volta do GP do México em 2015, diz revista

Após longo tempo de negociação, o Grande Prêmio do México voltará ao calendário da Fórmula 1 em 2015. A confirmação de que a corrida no País voltará após 23 anos foi feita por Bernie Ecclestone à revista Forbes, nesta terça-feira.

Em fevereiro de 2013, Ecclestone já havia admitido que haviam conversas para que o local voltasse a receber uma das etapas da principal categoria de automobilismo do mundo. A confirmação oficial é prevista ainda para a esta quarta-feira, em entrevista coletiva.

De acordo com a publicação, a corrida será disputada no Autódromo Hermanos Rodriguez, na Cidade do México, que recebeu uma prova pela última vez em 1992. Além de o Mundial contar com Esteban Gutiérrez e Sergio Pérez, existem pessoas importantes que estão exercendo um papel fundamental para que o País volte a ser sede da F-1: Tavo Hellmund, criador do USGP e do Circuitos das Américas em Austin, e Alejandro Soberón, diretor-geral da Corporación Interamericana de Entretenimento (CIE) – uma das maiores empresas do mundo.

Estima-se que o valor da corrida é de cerca 30 milhões de dólares. Com sua confirmação, o Mundial voltará a ter 20 corridas, o que só aconteceu em 2012. A F-1 também estuda adicionar o GP do Azerbaijão, que seria realizado na cidade de Baku, capital do país. No entanto, para que isso ocorra, é necessária a aprovação da maioria das equipes, além de Ferrari, McLaren e Red Bull, que têm seus contratos feitos para participarem de 20 provas.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *