F1: Ecclestone não quer perder o Grande Prêmio da Turquia

Dirigente disse que ficaria ‘desapontado’ se o contrato não for renovado

O chefe supremo da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, espera que o Grande Prêmio da Turquia seja disputado ano que vem e que um acordo contratual seja acertado. Nesta semana os organizadores do evento vieram a público informar que o novo valor cobrado para a realização do evento (cerca de R$ 40 milhões) é muito alto para eles.

– A corrida traz uma quantidade enorme de público, comércio e publicidade para a cidade. Estou um pouco desapontado e espero que possamos trabalhar em um acordo – disse Ecclestone.

O Grande Prêmio da Turquia é disputado desde 2005 e tem Felipe Massa como seu maior vencedor (2006, 2007 e 2008).

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *