F1: Em crise, Button já teme por título: ‘vantagem não é enorme’

Afastado do pódio há quatro etapas desta temporada da Fórmula 1 e apenas o 14º colocado do grid de largada para o Grande Prêmio da Bélgica, Jenson Button já começa a admitir que a má fase pode complicar suas chances de se sagrar campeão. A maior preocupação do inglês, conforme ele mesmo admite, mora ao lado e atende pelo nome de Rubens Barrichello.

Até a etapa de Valência, no último fim de semana, Rubinho aparecia apenas como o quarto colocado do Mundial. Com a vitória, ele conseguiu diminuir sua desvantagem para Button em oito pontos, chegando ainda à vice-liderança e ultrapassando Mark Webber e Sebastian Vettel. Já em Spa, o veterano começará a corrida em quarto, o que desperta ainda mais inquietações no ponteiro do campeonato.

“Já perdi oito pontos para ele e aqui (na Bélgica) não tenho o ritmo certo e parto fora do top 10. Mesmo que as posições permaneçam essas, ele ganhará muitos pontos em relação a mim nesta prova”, avaliou o britânico, que pode chegar à Itália, em 13 de setembro, apenas oito tentos à frente do parceiro. “Não é uma vantagem enorme”, concluiu.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *