F1: Equipe norte-americana terá motores da Ferrari na F-1

A equipe recém-criada pelo milionário norte-americano Gene Haas para disputar o Mundial de Fórmula 1 contará com motores produzidos pela Ferrari. A montadora italiana anunciou um acordo para fornecer propulsores ao time por vários anos a partir de 2016, quando o grid da categoria começará a ter a nova escuderia.

A Ferrari já era apontada como favorita para fornecer motores para a Haas depois que as duas partes anunciaram em julho um acordo para os setores comerciais de suas companhias. No Grande Prêmio do Canadá da categoria, o milionário norte-americano foi visto várias vezes nas instalações da escuderia italiana.

“Não há equipe na Fórmula 1 com mais conquistas ou mais história do que a Scuderia Ferrari. Ela foi parte da categoria desde o início e agora será parte do começo da Haas F-1”, disse Gene Haas, que pretende estender a parceria entre os times para outros setores técnicos.

O acordo também foi comemorado pela Ferrari, que atualmente fornece propulsores para Marussia e Sauber, nona e décima colocadas do Mundial de Fórmula 1, respectivamente.

“Há alguns meses unimos forças com Gene Haas em um nível comercial e este é o próximo passo natural no crescimento de nossa relação”, afirmou o chefe da Ferrari, Marco Mattiacci. “Os Estados Unidos continuam a ser um dos mercados mais importantes para a Ferrari e oferece muitas oportunidades interessantes”, completou.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *