F1: Era detergente o misterioso pó branco

O misterioso pó branco encontrado nos tanques de combustível dos carros da Ferrari antes do GP de Mônaco era apenas detergente em pó. A informação foi divulgada pelo jornal italiano “La Gazzetta dello Sport” nesta sexta-feira (06/07).

 


O produto teria sido colocado pelo engenheiro Nigel Stepney, demitido nesta semana pela equipe de Maranello. Além da sabotagem ele estaria envolvido em espionagem, ao passar diversos documentos confidenciais da Ferrari para o desenhista chefe da McLaren, Mike Coughlan, que foi, por enquanto, apenas afastado do cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *