F1: Espanhol projeta 1º passo para ter equipe do país na F-1

A cidade de Alzira, na província de Valência, na Espanha, esconde uma das mais importantes estruturas do automobilismo no país e o proprietário deste local, o ex- piloto da extinta equipe Minardi, o espanhol Adrian Campos, que já é dono de uma equipe na GP2, fará investimentos para realizar seu grande sonho, ter uma equipe na Fórmula 1.

Com um custo estimado de oito milhões de euros (cerca de R$ 21,3 milhões), Campos estuda investir em um projeto da Universidade Politécnica de Valência que consiste construir um túnel do vento em escala de 40%, acompanhado de um “seven point ring” (anel de sete pontos), capaz de trabalhar com velocidades superiores a 350 km/h.


Esta tecnologia permite ter o seu carro visualizado por sete pontos e analisar todos os elementos que se reúnem na preparação de uma corrida (inércia, convergências, suspensões, entre outros) para otimizar o design.


O investimento será, dividido entre ampliações na sede, máquinas, software e logística. Atualmente, a equipe dispõe de cinco caminhões totalmente equipados, similares aos utilizados pelas equipes de Fórmula 1.


Com o novo projeto, as instalações seriam ampliadas, tanto para os túneis de vento e para o “anel sete pontos,” como para novos compromissos de Campos, como gerir tecnicamente a equipe mexicana na Fórmula A1, competição de carros entre países.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *