F1: Ferrari acredita que Mundial será decidido em Abu Dhabi

Após a vitória de Fernando Alonso no GP da Coreia do Sul, que veio acompanhada da liderança do Mundial de F-1, a palavra de ordem na fábrica da Ferrari tem sido cautela. Apesar de o espanhol ter chances de ser tricampeão já no GP do Brasil, Stefano Domenicali, chefe da equipe, aponta a corrida em Abu Dhabi como o palco decisivo da temporada.

Com 11 pontos de vantagem para o vice-líder Mark Webber, Alonso pode se sagrar campeão em Interlagos caso nenhuma das Red Bulls pontue e ele chegue ao pódio. O chefe da equipe italiana, no entanto, não acredita que seja o momento de se apoiar nas contas.

“Nós não vamos mudar nossa postura”, disse Domenicali. “Nós dissemos em Suzuka que em cada corrida precisávamos estar no pódio e vencer pelo menos uma. Vencemos uma corrida e agora precisamos continuar correndo sem se apoiar em contas e estar focado. E depois nos entendemos com os números”.

Para o italiano, as Red Bulls de Webber e Sebastian Vettel são grandes concorrentes e a vitória de Alonso em Yeongam foi de extrema importância para a Ferrari, recompensando a equipe pelo trabalho duro e concentração nas últimas etapas.

“Eu sou um cara pragmático. Se eles [Red Bull] foram capazes de conseguir 15 poles em 17 corridas, então tem alguma coisa aí. Eles têm um carro fantástico. Mas, para mim, a coisa mais importante é que, apesar do fantástico carro da Red Bull, nós estivemos lá, lutando, e nós vamos lutar até a última curva da última corrida”, declarou Domenicali.

Além do campeonato dos pilotos, a Ferrari almeja também conquistar o Mundial dos construtores, liderado pela Red Bull. “Nós temos dois campeonatos para lutar e, com certeza, não conquistaremos o segundo no Brasil. Então, temos que manter os pés no chão”, concluiu.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *