F1: Ferrari e Renault querem menos tecnologia na categoria

A Fórmula 1 tem de ser mais dirigida pelo entretenimento do que pela tecnologia, disseram os chefes de equipe de Renault e Ferrari na quinta-feira.

“Eu diria que a Fórmula 1, na minha opinião, não precisa ter como sua primeira prioridade o desafio técnico”, disse o chefe da Ferrari, Jean Todt, em entrevista coletiva em Mônaco.

“Ela precisa de show, precisa de pessoas lutando na pista. E muito frequentemente, quanto mais tecnologia você tem, menos chance os pilotos têm de brigar na pista.”

Flavio Briatore, o italiano que comanda a Renault, sugeriu que as equipes que pedem um maior emprego da tecnologia são aquelas que menos contribuíram nesse aspecto.

“Todos falam sobre a tecnologia e sobre brigar pela tecnologia, mas são aqueles que nunca venceram uma corrida, ou é uma equipe que venceu uma corrida há oito ou nove anos”, disse.

“Se alguém precisa falar sobre tecnologia, são Renault e Ferrari… acho que, como Jean diz, precisamos de corridas de verdade. O que precisamos é de ultrapassagens, precisamos de pessoas entusiasmadas assistindo a Fórmula 1.”

A próxima grande batalha da categoria é sobre as regulamentações técnicas para a temporada de 2008, já que as montadoras e os detentores dos direitos comerciais da categoria selaram a paz depois de uma disputa envolvendo a divisão da receita da Fórmula 1.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *