F1: Ferrari faz acordo com Coughlan e esposa

De acordo com informações da imprensa a Ferrari fez um acordo com Coughlan e sua esposa, Truy, que concordaram em fazer um juramento em que se comprometem a dizer tudo sobre a espionagem e a colaborar com as investigações.

Caso mintam ou não colaborem ambos podem ser presos. O acordo cancelou a audiência marcada para esta quarta-feira (11/07).

A equipe irá pressionar a Corte Inglesa para que o acordo seja válido também a justiça italiana, onde o ex-funcionário da Ferrari, Nigel Stepney, está sendo investigado.

A Ferrari ver o conteúdo do computador usado por Coughlan, mas este equipamento pode ser da McLaren, que não tem a intenção de deixar a equipe rival vistoriar o equipamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *