F1: FIA faz contraproposta e aumenta teto orçamentário

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e as equipes de Fórmula 1 continuam movimentando suas peças no complexo cenário que definirá a próxima temporada na categoria. Como contraproposta aos times, a entidade resolveu ampliar o teto orçamentário para 2010.

De acordo com a nova oferta da FIA, o limite passaria de 40 milhões de libras (R$ 129 milhões) para 100 milhões de euros (R$ 276 milhões). Para a temporada seguinte, no entanto, haveria uma redução significativa e o valor seria de aproximadamente 45 milhões de euros (R$ 124 milhões).

O teto orçamentário estabelecido pela entidade presidida por Max Mosley é o principal motivo de reclamação das equipes na principal categoria do automobilismo. Os times que respeitarem o limite teriam mais liberdade técnica para trabalhar durante a próxima temporada.

Os times têm até sexta-feira para responder à contraproposta da entidade. Em 2010, a Fórmula 1 deve contar mais três equipes, além das dez atuais. Caso não aceitem a oferta, BrawnGP, BMW, McLaren, Renault e Toyota podem ser excluídas da próxima temporada.

Desta forma, os cinco times se juntariam a Red Bull, Toro Rosso e Ferrari, abertamente contrários à FIA. Apenas Williams e Force India confirmaram a permanência na Fórmula 1 de maneira incondicional. Os diretores das equipes teriam uma reunião para discutir o tema nesta quinta-feira, na sede da Renault.

Fonte: Gazeta Esportia.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *