F1: Fisichella atribui resultado à má posição no grid

Giancarlo Fisichella afirmou que a principal razão para sua performance apagada no GP de Monza foi seu mau desempenho no treino classificatório.

O italiano, que estreou como substituto de Felipe Massa na Ferrari neste final de semana, não conseguiu somar pontos e terminou na nona colocação, após largar em 14º.

“Estávamos muto próximos de marcar pontos, mas o maior problema foi minha posição no grid, que não foi boa. Foi muito difícil conseguir me recuperar”, disse Fisichella.

“Fiz um bom trabalho e é importante que Kimi [Raikkonen] tenha marcado mais pontos que os pilotos da McLaren. Na próxima corrida vou fazer meu melhor para marcar também”, afirmou.

Fisichella terminou na segunda colocação o GP da Bélgica, quando ainda competia pela Force India. Para ele, adaptar-se ao novo carro também é um ponto a ser ultrapassado.

“Estava um pouco atrapalhado com o ritmo no início e depois no final da corrida consegui andar bem. Foi um sentimento muito bom para mim e para os fãs da Ferrari. Espero que na próxima corrida consiga fazer melhor”, confiou.

Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, disse que o italiano está dentro das expectativas para sua estreia.

“Giancarlo foi muito bem. Ele teve um sábado difícil, e sua primeira vez conosco foi na sexta-feira”, disse o dirigente.

“Penso que o importante para ele hoje foi terminar a corrida. Para a próxima, tenho certeza de que ele terá a experiência necessária para entender o carro. Em Cingapura ele deve estar pronto para marcar pontos”, afirmou Domenicali.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *