F1: Fisichella vence com autoridade na Malásia

O italiano Giancarlo Fisichella venceu o GP da Malásia, em Sepang, neste domingo, dia 19 de março, mostrando a Renault que pode liderar a equipe depois da saída de Fernando Alonso para a McLaren, no ano que vem. O atual campeão do mundo foi o segundo com o inglês Jenson Button, da Honda, completando o pódio.


As nuvens no céu ameaçaram uma chuva que não veio. Na largada o pole Fisichella manteve a ponta seguido de Button e Alonso. Um toque do austríaco Christian Klien, da Red Bull, na traseira da MacLaren de Kimi Raikkonen fez o finlandês abandonar logo na primeira volta. A suspensão traseira do MP4-21 ficou danificada com o impacto. Klien foi para os boxes, a equipe tentou deu uma arrumada no carro e ele retornou a pista. Mas abandonou na 26º volta.

As duas Williams, que estavam entre os primeiros, tiveram problemas no motor Cosworth logo no inicio da corrida. O Alemão Nico Rosberg abandonou na 6º volta e o australiano Mark Webber na15º. Os brasileiros, Felipe Massa, da Ferrari e Rubens Barrichello, da Honda, que largaram no final do grid, vinham em recuperação e aproximando-se da zona de pontuação.

A corrida seguia com Fisichella na frente, abrindo vantagem mesmo depois de parar nos boxes para reabastecer e trocar pneus. E Alonso tentando superar Button, o que conseguiu na estratégia de pit stops. A Renault conseguiu devolver o espanhol a pista na frente do inglês na segunda parada, pois antecipou a entrada do piloto nos boxes.

Rubens Barrichello vinha na zona de pontuação, até que na 35º volta, teve que fazer um stop and go de dez segundos, por excesso de velocidade nos boxes, o que acabou com qualquer chance de pontos.

Com as Renault na liderança, Button em 3º, e o colombiano Juan Pablo Montoya, da McLaren, quem 4º, as atenções ficaram para o duelo entre as Ferraris de Felipe Massa e Michael Schumacher. Diferente da época de Rubens Barrichello, a equipe italiana deixou as coisas se resolverem na pista, e não ordenou que o brasileiro abrisse para o alemão passar.

Fisichella cruzou a linha de chegada, depois de 1h30m40s529, conquistando a sua terceira vitória na carreira com uma vantagem de 4s585 sobre Alonso. Depois vieram Button, Montoya, Massa e Michael Schumacher. O canadense Jacques Villeneuve, da BMW-Sauber, marcou os primeiros pontos da história da equipe alemã, ao chegar em 7º. Último no grid, o alemão Ralf Schumacher, da Toyota, fechou a zona de pontuação. Barrichello foi o 10º.

Alonso lidera o campeonato, com 18 pontos. Mas pelo que mostrou hoje Fisichella não dará vida fácil ao espanhol na luta pelo título. O campeonato está apenas no começo, mas promete ser um dos melhores e mais equilibrados dos últimos tempos.

A próxima etapa está marcada apra o dia 02 de Abril na Austrália


Os oito primeiros em Sepang:

1-     Giancarlo Fisichella, ITA, Renault, 56 voltas
2-     Fernando Alonso, ESP, Renault, a 4s585
3-     Jenson Button, ING, Honda
4-     Juan Pablo Montoya, COL, McLaren
5-     Felipe Massa, BRA, Ferrari
6-     Michael Schumacher, ALE, Ferrari
7-     Jacques Villeneuve, CAN, BMW-Sauber
8-     Ralf Schumacher, ALE, Toyota

Melhor volta: Alonso, 1m34s803

Foto: Formula1.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *