F1: Fórmula 1 poderá ter fileiras com três carros no grid de largada


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

A Fórmula 1 poderá passar por uma revolução na largada em breve. De acordo com o tabloide alemão Bild, a Liberty Media, dona da categoria após a era Bernie Ecclestone, quer fazer largadas com três carros emparelhados no grid.

A ideia seria colocar três carros lado a lado nas fileiras ímpares. Nas pares, continuaria como é atualmente, com dois carros. O objetivo, com isso, seria criar uma espécie de funil no grid, de maneira que nenhum piloto teria outro piloto exatamente à sua frente como acontece hoje em dia.

Caso a informação se confirme, esse sistema não seria inédito na Fórmula 1. Nos primeiros anos de vida da categoria, em que reinaram Nino Farina, Alberto Ascari e Juan Manuel Fangio, a largada era feita dessa maneira.

Apesar de ser uma ideia para facilitar as ultrapassagens já na largada e deixar o momento mais importante da prova ainda mais emocionante, objetivo que a Liberty Media tem em mente e quer transportar para outras áreas da categoria, há quem pense diferente.

De acordo com o diário espanhol Marca, desde que surgiu essa hipótese no paddock, algumas equipes já se manifestaram contra. Apesar de não citar nomes, a publicação explica que o motivo seria o receio de acidentes graves no início das provas. Estas mesmas equipes citaram também alguns circuitos, como Mônaco e Montreal, no Canadá, em que seria impossível largar da forma imaginada pelos novos donos da Fórmula 1, simplesmente pela falta de espaço.

Segundo as publicações que já citaram a possível novidade, a ideia ainda está em processo de elaboração e não há nada definido. Mas a Liberty Media deve forçar a barra, pois considera que é preciso fazer mudanças na principal categoria do automobilismo mundial para torná-la mais competitiva, emocionante e atrativa para o público, e também, é claro, para os atuais e possíveis novos patrocinadores.

Fonte: Máquina do Esporte

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *