F1: Hamilton ataca Massa por acidente no Japão

O inglês Lewis Hamilton não poupou críticas ao brasileiro Felipe Massa após o GP do Japão. Na disputa por posições ainda nas voltas iniciais, o piloto da McLaren ultrapassou o rival da Ferrari, mas foi atingido em seguida por Massa e caiu para as últimas posições.

Hamilton ainda terminou a prova em 12º lugar. Massa foi o oitavo, mas ganhou a sétima posição após a corrida e diminuiu para cinco pontos a vantagem do inglês na liderança. Quando achava que o brasileiro tinha ganho um, e não dois pontos em Fuji, o líder disse que o resultado não faria diferença na classificação final do Mundial.


“Não acho que isso fará qualquer diferença. Perdi apenas um ponto hoje, que é um dano limitado, e veremos o que se sucede na próxima semana (na China). Ainda estaremos competitivos e faremos de tudo para vencer as duas últimas provas. Não a qualquer custo, mas planejamos vencer”, disse.


Assim como Massa, Hamilton levou um drive-through durante a etapa de Fuji, mas afirmou que o peso das punições deveria ser diferente. O brasileiro foi punido pelo toque no inglês, e o piloto da McLaren, por sua vez, teve de fazer a passagem obrigatória pelo box por ter forçado, de forma excessiva, de acordo com os comissários, a ultrapassagem na Ferrari do finlandês Kimi Raikkonen na primeira curva após a largada.


“Você sempre olha para trás e acha que podia ter feito algo diferente. Eu cometi um erro e paguei por isso. Esse tipo de coisa acontece, mas você precisa levantar a cabeça e seguir adiante”, comentou.


“Recebemos (eu e Massa) a mesma punição, mas eu não bati em ninguém, e ele bateu”, completou.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *