F1: Hamilton e seu show em Silvestone, por Carlos Eduardo

Uma corrida brilhante em casa, assim podemos descrever a corrida de Lewis Hamilton da McLaren em Silverstone. Depois de largar na quarta posição e ainda na primeira curva já estar brigando pela primeira posição o Inglês precisou de poucas voltas para superar Kovalainen e simplesmente dar um show em Silverstone para delirio da torcida inglesa que lotou o autodromo para ver Hamilton brilhar.

Ano passado na em Fuji Hamilton já havia mostrado ao mundo o que poderia fazer sob chuva, ganhando aquela corrida, esse ano em Monaco mais uma vez foi o vencedor numa corrida que teve chuva e sol, apesar de Felipe Massa liderar boa parte da corrida sob chuva, mas como em Silverstone o brasileiro cometeu um erro que lhe custou a prova.

Rubinho Barrichello também andou muito bem na chuva, mostrando que é um dos melhores pilotos sob tais condições de pista, pois levar sua Honda aos pontos era algo muito dificil, então sonhar com um pódio era algo quase que impossível, mas o Brasileiro conseguiu o brilhantemente o feito.

Kimi Raikkonen e Felipe Massa, pilotos da Ferrari, fizeram uma corrida que beirou o rídiculo. Muito por culpa da equipe, que errou em alguns momentos da corrida, muito por culpa do asfalto muito molhado (sendo de igual dificuldade para todos), mas os pilotos também não ajudaram, pois cometeram diversos erros rodando e saindo da pista por várias vezes, inclusive Massa deve estar até meio tonto de tanto que rodou nessa corrida. Alias, a muito tempo que não viamos um carro da equipe Italiana chegando na última colocação entre os carros que terminaram a prova, e isso sem quebra ou problemas, o que para quem quer brigar de igual pra igual pelo título é pouco.

Nelsinho Piquet fazia uma corrida muito boa, estando na quarta posição, mas um erro quando a pista estava bastante molhada lhe custou a corrida, que estava sendo a sua melhor corrida no ano e que poderia lhe dar seu primeiro pódio na Fórmula 1 e somar mais pontos para a equipe. Mas na fase Européia Nelsinho esta evoluindo bastante, andando sempre perto de seu companheiro, o bi-campeão mundial Fernando Alonso, faltando-lhe um pouco de esperiencia para colher melhores resultados.

Mas o show foi dado mesmo pelo piloto da casa, Lewis Hamilton, que levou o público apaixonado pelo automobilismo ao delirio.

E é muito triste ver os comentaristas da TV brasileira ficarem torcendo contra Lewis Hamilton, Kimi Raikkonen, Kubica e qualquer outro piloto que esteja a frente do brasileiro Felipe Massa. Desde o Canadá quando Hamilton acertou Raikkonen que os comentaristas falam mais mal ainda do piloto britânico, porém eles esqueceram que no ano anterior Felipe Massa não havia visto o sinal e foi desclassificado da prova. Na França Hamilton, mais uma vez foi punido, desta vez porque os comissários viram que ele fez uma ultrapassagem cortando caminho e mais uma vez os comentaristas estavam com um prato cheio na mão, porém na mesma corrida passaram a secar tanto Kimi Raikkonen que o escapamento do piloto finlandês teve problemas. E não parou por ai, agora em Silverstone começaram a ver que Hamilton esta sendo rápido de maneira irresponsável, por cometer um erro na classificação, ssa eu realmente nunca havia escutado, e o pior é que todos embarcam na deles. Na corrida preocuparam em defender Felipe Massa dos erros cometidos, em torcer por erros de Hamilton, Raikkonen, Kubica e dos pilotos que iam a frente do Ferrarista, uma grande pena, pois a imparcialidade precisa existir, não é porque você é amigo pessoal de uma pessoa que não pode comentar os erros que a pessoa comete ou até mesmo querer esconder o sol com a peneira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *