F1: Hamilton manda recado a Button e inicia ‘guerra inglesa’

Atual campeão mundial, o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, viu o compatriota Jenson Button, da Brawn GP, sair à frente na disputa pelo título deste ano da Fórmula 1, no último domingo, no GP da Austrália.

Mesmo atrás (em terceiro lugar), o competidor avisou ao rival que é um “lutador” e iniciou uma “guerra inglesa” na briga pela liderança da temporada 2009.

“Eu sou um lutador. Nós mostramos no Brasil, no ano passado, que lutaríamos até o fim e a mesma coisa aconteceu em Melbourne (no último domingo). Eu nunca vou desistir de correr enquanto estiver no cockpit”, disse Hamilton ao jornal The Sun.

Mesmo assim, Hamilton não poupou elogios aos vencedores do GP da Austrália. “Eles (Brawn GP) fizeram um trabalho impressionante no inverno, em circunstâncias difíceis, tanto que deve ter sido um sonho perfeito eles terminarem com uma dobradinha (Barrichello ficou em segundo em Melbourne)”, afirmou.

“Jenson (Button) deve ter tido muito uma preocupação no inverno e certamente passou por duros anos antes disso. Sendo assim, acho que ele merece realmente esse sucesso”, declarou.

Para voltar a brigar pelas primeiras colocações, o inglês aposta na evolução do carro da McLaren, o MP4-24. “Nós não esquecemos como ganhar. Nós somos uma equipe de classe mundial e acredito que voltaremos ao topo em breve. Para mim, a McLaren é a equipe a mais forte da Fórmula 1”, declarou o atual campeão.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *