F1: Hulkenberg soube que não iria para a Ferrari por SMS de Domenicali

Mesmo antes de Felipe Massa anunciar sua saída da Ferrari, a escuderia já mantinha contato com o empresário de Nico Hulkenberg há dois meses sobre uma possível mudança de equipe. Com a confirmação de que o brasileiro havia deixado o time, as chances de o alemão ir para Maranello aumentaram, mas uma mensagem de texto de Domenicali, chefe da escuderia italiana, confirmou que o piloto da Sauber não era o escolhido para fazer parceria com Fernando Alonso em 2014.

Mesmo conversando constantemente com o empresário de Hulkenberg, a alta cúpula da Ferrari preferiu apostar na volta de Kimi Raikkonen, campeão com a equipe em 2007. Com as negociações encerradas, ele já começa a conversar com outras equipes para decidir o futuro de seu piloto na próxima temporada.

“Após dois meses de negociações, eu esperava ao menos uma ligação. O contrato veio e voltou diversas vezes e, no fim, só faltava ser assinado. Domenicali nos mandou uma mensagem de texto às 22h50 na terça-feira. Agora que a Ferrari assinou com Kimi, nós estamos falando novamente com a Lotus”, afirmou o empresário Werner Heinz em entrevista à Auto Motor und Sport.

Com a perda de Kimi Raikkonen, a Lotus já conversa com Hulkenberg, como afirma o empresário do piloto. No entanto, uma das opções da escuderia também é Felipe Massa, que não tem sua participação garantida na F-1 em 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *