F1: Ídolo do automobilismo mundial Dan Gurney falece aos 86 anos

Um dos maiores nomes da história do automobilismo mundial o norte-americano Daniel “Dan” Sexton Gurney faleceu no domingo (14/01), aos 86 anos. Ele faleceu de complicações de uma pneumonia, em Newport Beach, Califórnia, nos EUA.

Gurney competiu em 86 GPs de Fórmula-1, entre 1959 e 1970. Pelas equipes Ferrari, BRM, Porsche, Brabham, All American Racers e McLaren. Vencendo quatro GPs (GPs da França de 1961, França e México em 1963 e Bélgica 1967). Conquistando no total 15 pódios, três poles e seis melhores voltas.

A sua última vitória na F-1, na Bélgica em 1967, foi conquistada com um carro construído por ele, o Eagle TG1, com a sua equipe, a All American Racers.

Gurney também competiu na NASCAR ente 1962 e 1980. Vencendo cinco provas.

Nas provas da IndyCar Gurney competiu entre 1962 e 1970. Vencendo sete provas (todas com o seu carro, o Eagle). Nas 500 Milhas de Indianápolis, terminou em segundo lugar nas edições de 1968 e 1969 e em terceiro em 1970.

Em 1967 Gurney venceu a 24 Horas de Le Mans, com um Ford GT40, formando dupla com outra lenda do automobilismo, A.J.Foyt.

No pódio Gurney balançou a garrafa de champanhe, que estourou, dando um banho em todos ao redor. O ato, não planejado, acabou se tornando uma tradição nos pódios das corridas de todo mundo.

A All American Racers, fundada por Gurney e o também lendário Carrol Shellby em 1964, competiu na F-1 de 1966 a 1968. Vencendo um Grande Prêmio.

Os chassis Eagle competiram nas provas da IndyCar entre 1966 e 1986, 1996, 1998 e 1999. Vencendo três vezes as 500 Milhas de Indianápolis (1968, 1973 e 1975). No geral foram 49 vitórias na categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *