F1: Justiça adia caso Lotus para dia 21 de março

Caso começará a ser resolvido após início da temporada e campeonato começará com duas Lotus

A disputa pela utilização do nome Lotus será resolvida após o começo da temporada da Fórmula 1. Na audiência desta segunda-feira, o juiz responsável pelo caso, Peter Smith, determinou que o caso será julgado no dia 21 de março, antes do GP da Austrália, segunda prova do campeonato.

A reunião desta tarde foi para examinar um pedido do Grupo Lotus para haver um julgamento sumário (quando a decisão é feita de forma rápida) para saber se a montadora tinha direito de rescindir o contrato de cinco anos que havia sido firmado com Tony Fernandes. O acordo, que foi assinado em 2009, permitiu ao malaio utilizar o nome Lotus em sua equipe em 2010.

Embora tenha rejeitado o pedido de uma decisão rápida o juiz concordou que um veredito precisa ser dado o mais rapidamente possível.

Acredita-se que na próxima audiência todos os assuntos legais relacionados com a disputa entre a Lotus Racing, de Tony Fernandes, e o Grupo Lotus sejam ouvidos.

Dessa forma o campeonato de 2011 começará com duas equipes utilizando o nome Lotus: a de Fernandes, que estreou no grid de 2010 com o nome de Lotus Racing e este ano passou a usar o Team Lotus, e a da Renault, que se associou ao Grupo Lotus e passou a ser Lotus Renault.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *